quarta-feira, 16 de março de 2011

Herança para Jason Voorhees

Depois de muito sexo, drogas e rock n'roll (não necessariamente nessa ordem), o multi-instrumentista de psicóticas personalidades múltiplas John Cale abandona sua parceria com o outro maluco da lendária e fundamental "Velvet Underground", Lou Reed (compuseram juntos músicas ligadas a amenidades como a heroína e os traficantes, por exemplo) e decide seguir carreira solo. Para se ter uma idéia, essa banda influenciou gente de peso do rock como Brian Eno, David Bowie, Nirvana e R.E.M., e o insano John Cale parece ter entusiasmado o surgimento de um certo assassino serial mascarado e de facão em punho.

Explico. Voltando pra Inglaterra, na sua fase mais louca e punk rock (época dos maiores excessos de Cale com as drogas), o músico psicopata costumava usar uma máscara de goleiro de hóquei no palco. Vejam só a capa do seu álbum "Guts", de 1977 (o primeiro filme da série "Sexta Feira 13" é de 1980):


Para se ter noção do nível de insanidade do sujeito, sua banda o deixou sozinho no palco em protesto quando o demente resolveu decapitar uma galinha com um cutelo de açougueiro.
Sinistro!

"Fear Is a Man's Best Friend", John Cale (álbum "Guts", 1977):




Jason costuma dizer que sempre tem orgulho das suas influências

E o triste fim do frango Mike - cuja melancólica história ficará para uma outra vez - foi ficar sem cabeça!


Mike, o frango zumbi e sem cabeça

3 comentários:

  1. Hahahaha!!! Muito bom! Muito mesmo!

    ResponderExcluir
  2. E o Lou Reed é o autor do Time Rocker! Yeah!

    ResponderExcluir
  3. Plant & Page, Lennon & McCartney, Reed & Cale... é por aí.

    ResponderExcluir